Ato público contra perseguição aos 18 jovens do Centro Cultural São Paulo é no dia 10

porlutecontraogolpe

Ato público contra perseguição aos 18 jovens do Centro Cultural São Paulo é no dia 10

A Justiça de São Paulo convocou a segunda audiência no Fórum da Barra Funda em São Paulo do caso dos 18 jovens presos no Centro Cultural São Paulo (CCSP) em 4 de setembro de 2016 por um agente infiltrado do Exército em ação arbitrária e ilegal. No mesmo dia, haverá na frente do fórum ato público contra a perseguição que os jovens sofrem.

No dia 10 de novembro de 2017 ocorrerá a segunda audiência dos 18 jovens perseguidos, que caíram em emboscada realizada por agente infiltrado do Exército. A Justiça de São Paulo marcou a audiência para o Fórum da Barra Funda às 14:30, na Av. Doutor Abraão Ribeiro, 313.

Em 2016, 18 jovens foram levados através de comunicação pelas redes sociais com um espião do Exército a ir a um encontro antes do ato do dia 4 de setembro pelas Diretas. O local marcado foi o Centro Cultural São Paulo (CCSP), que foi cercado pela polícia em ação para a captura dos jovens. Todos foram conduzidos ilegalmente para a delegacia e estiveram ali isolados de contato com advogados e familiares, contudo criminosa do Estado e seus agentes ao desrespeitar o direito básico ao acesso a advogados e familiares. Mesmo assim, as irregularidades não inviabilizaram o processo, que agora pode levar todos a cadeia por associação criminosa e corrupção de menores.
A participação em ato é fundamental para evitar que a perseguição do Estado golpista prevaleça sobre os 18 jovens, por isso é necessário convocar todos para participar do ato.

A campanha já está com evento marcado no Facebook

Publicado originalmente no Diário Causa Operária.

Sobre o Autor

lutecontraogolpe administrator

Deixe uma resposta