Ato contra o fascismo e a repressão na UFPE 29-11-2017

porlutecontraogolpe

Ato contra o fascismo e a repressão na UFPE 29-11-2017

No dia 27 de outubro, os estudantes da UFPE, organizados pelo Comitê de Luta Contra o Golpe, expulsaram a milícia fascista contratada para intimidar toda a comunidade acadêmica da universidade. Esse episódio, que repercutiu em todo o Brasil como um exemplo concreto de como lidar com a direita golpista, foi, na verdade, a gota d’água para aqueles que vinham tendo seus direitos cerceados diariamente pela direita.

Desde o golpe de 2016, os estudantes, professores e servidores da UFPE têm sofrido inúmeros ataques. Cortes nas bolsas de assistência estudantil, além de outros desastres econômicos, são cada vez mais recorrentes. Para conter a reação dos estudantes, por sua vez, a direita golpista tem aumentado cada vez mais a repressão a todos os que se manifestam contrários ao golpe.

Após as ocupações de 2016, vários estudantes que estiveram na luta contra o golpe foram processados. Recentemente, o Ministério Público Federal recomendou a expulsão de seis alunos. Logo depois, o Conselho de Administração da UFPE, seguindo a lógica repressora do MPF, determinou que cinco estudantes fossem suspensos.

Além de o Conselho de Administração, em suas obscuras “investigações”, atacar diretamente o movimento estudantil, uma determinação recente da Superintendência de Segurança Institucional (SSI) da UFPE deu carta branca para que a Polícia Militar, inimiga inconciliável dos setores progressistas da sociedade, circulasse e atuasse dentro do campus.

Como se não bastasse toda a ofensiva das instituições contra os setores oprimidos pelo golpe de Estado, os cães raivosos da burguesia, isto é, as milícias fascistas, estão sendo introduzidos na universidade para intimidar os estudantes e qualquer um que se manifeste contráro ao projeto da direita para o país – ou seja, o fim das universidades públicas, o fim do ensino público gratuito, a destruição da CLT e a extinção da aposentadoria e demais direitos historicamente conquistados.

Diante de todo esse cenário, o Comitê de Luta Contra o Golpe da UFPE convida todos a participar do ato contra o fascismo e a repressão na UFPE. O ato ocorrerá no próximo dia 29, com concentração a partir das 16h30, ao lado do Restaurante Universitário (RU).

 

Publicado originalmente no Diário Causa Operária.

Sobre o Autor

lutecontraogolpe administrator

Deixe uma resposta